Mulheres investem no Hip-Hop para incentivar espírito revolucionário

Com música, dança e muita inovação, mulheres tentam disseminar o espírito revolucionário na maneira de ser e estar. Trata-se do grupo Revolução Feminina, que, na última sexta-feira, actuou na Fundação Fernando Leite Couto, em Maputo.

Referindo à sua arte, Guiggaz M Black, membro e fundadora de Revolução Feminina, explica como surgiu a ideia de criar este grupo, numa sociedade em que o RAP tem cara masculina. “Revolução Feminina partiu de um sentimento que já vinha crescendo dentro de mim. De princípio eu trabalhava como técnica de som e, daí, comecei a repar. Descobri que existiam mais mulheres a repar e pensei: Porquê não unir-me às meninas e partilhar o sentimento que tenho dentro de mim? Então foi daí que criamos a revolução feminina”, explicou.

Guiggaz diz ainda que a revolução feminina não é só para mulheres que repam, mas para todas as mulheres com espírito revolucionário, mulheres que através do seu talento podem mudar o mundo, sem precisar necessariamente de ser cantando. Deu exemplo de si mesma, que é electricista, técnica de som, designer gráfico e rapper. “Não importa se a mulher desempenha uma actividade que todo mundo faz ou que todas as mulheres fazem, desde que a pessoa tenha esse espírito revolucionário, e nós até gostamos quando aparecem mulheres que façam outro tipo de actividades”.

O grupo conta com vários membros, uns mais activos que os outros, como é o caso de FT, Énia Lipanga, Patrícia e a própria Guiggaz M Black.
Na sexta-feira, as revolucionárias levaram ao público composições próprias e algumas músicas adaptadas. Dessa forma transmitiram ao público o prazer de se ser diferente, através de rimas, e até passos de marrabenta adaptados ao hip-hop.

Uma curiosidade sobre o grupo é que apesar de ser maioritariamente constituído por mulheres e ter como principal foco a mulher, não exclui em momento algum os homens, e é por isso que o grupo conta com dois membros masculinos, no baixo e na guitarra.

O grupo existe desde 2012 e tem em vista revolucionar o mundo da música especificamente o hip-hop.

Fonte: O País

COMMENTS


Nome

Acapela,6,Acoustico,64,African,30,Afro,227,Afro Bang House,14,Afro Beat,493,Afro Dub,6,Afro House,1064,Afro Music,5,Afro Naija,190,Afro Smooth Jazz,2,Afro-Funk,22,Afro-Jazz,33,Afro-Pop,301,Afro-Ragga,1,Afro-Samba,6,Afro-Soul,22,Afro-Trap,11,AfroMoz,1,AfroPop,8,Albuns,209,Alternativo,10,Ambiente,1,Angola,1,Arocha,2,Audio,24,Axê,1,Azonto,49,Banger,97,Beat Tapes,50,Behind The Scene,1,Biografia,1,Blue,2,Blues,1,Bounce,41,Classic,4,Club,10,Contemporêneo,1,Country,8,Cover,28,Cultura,2,Cyphers,21,DANCE,110,Dancehall,64,Deep Fusion Club,58,Deep House,220,DJ,193,DNA,1,Documentário,9,Dub,6,Dubstep,4,DVD,1,Dzukuta,36,Easy Listening,2,EDM,3,Electro-House,13,Electronic,3,Entretenimento,187,Entrevista,200,EP,293,Fabio dance,12,Festival Trap,1,Folk,1,Freestyle,125,Funana,2,Funk,35,Fusion,13,Fusion Beat,1,Gangsta Trap,4,Ghetto Zouk,478,Ghetto-Funk,1,Gospel,44,Gqom,238,Groove Beat,1,Groovy Dancehall,1,Hip-Hop,1508,HipHop,457,House Music,225,Humor,10,Indie,9,Instrumentais,28,Interlude,1,Jackin House,5,Jam,3,Jazz,15,Jazz Mapiano,1,jerk,12,Kizomba,1763,Kuduro,79,Kwaito,13,Kwaito House,21,kwassa,9,Kwassa-Kwassa,11,Letras,17,Live,63,Love,92,Lyric,12,Mapantsula,3,Marrabenta,251,Mashup,4,Mixs,254,Mixtapes,153,Moz Velha Guarda,4,Música,2772,Muthimba,1,Nhambarro,6,Nigeria,3,Noia,25,Noticia/Publicidade,15,Old Funk,1,Pack,1,Pandza,239,Passada,24,Pedidos,45,Performance,122,Pop,81,Preview,1,Progressive House,6,Promo,99,Psychedelic Hip-Hop,3,Puluvundza,28,R&B,516,Radio Session,24,Raggaeton,29,Rap,2104,Rap Battle,18,Rap Tropico,1,React,1,Reagge,29,Reggae,6,Reggaeton,2,Revolution,1,RnB,158,Rock,16,Rock & Roll,2,Rock-Soul,13,Romanticas,4,Rumba,1,Salsa,2,Samba,11,Samples,1,Sax,2,Semba,25,Sertanejo,1,Single,155,Slow,4,soul,104,SoulFul Music,79,Stream,6,Studio Session,7,Sungura,2,Tarraxinha,129,Teaser,123,Tech House,3,Text,1,Thufana,32,Tour,1,tra,2,Tracks,1414,Trailer,1,Trance,1,Trap,16,Trap Beat,247,Trap Soul,85,Trapnificent,13,Tropical,49,Tropical House,3,Tropical Raggaetton,2,Tsonga-Traditional,16,Turn Up,28,TV,14,TV Show,25,Txingwêre,1,Underground,97,V.A,34,va,2,Vans Beatz,2,Vanzon,2,Videos,2516,Visualizer,1,World Music,20,Zed Beats,2,zouck,17,Zouk,948,
ltr
item
CurteBoaMúsica - Africa & Palop Music and Video Download Website: Mulheres investem no Hip-Hop para incentivar espírito revolucionário
Mulheres investem no Hip-Hop para incentivar espírito revolucionário
https://1.bp.blogspot.com/-mE7s1Ax1AkE/WtRqEK4-wuI/AAAAAAAAhhg/oYUrfmzUzH8wKvz1MUs-t35PWUhNDeV_QCLcBGAs/s320/Revolucao%2BFeminina%2BArtwork.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-mE7s1Ax1AkE/WtRqEK4-wuI/AAAAAAAAhhg/oYUrfmzUzH8wKvz1MUs-t35PWUhNDeV_QCLcBGAs/s72-c/Revolucao%2BFeminina%2BArtwork.jpg
CurteBoaMúsica - Africa & Palop Music and Video Download Website
https://www.curteboamusica.info/2018/04/mulheres-investem-no-hip-hop-para.html
https://www.curteboamusica.info/
https://www.curteboamusica.info/
https://www.curteboamusica.info/2018/04/mulheres-investem-no-hip-hop-para.html
true
7616110580457735873
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Readmore Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE PESQUISAR ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy